Passeio Público

O Passeio Público é o parque mais antigo de Curitiba

Inaugurado em 2 de maio de 1886, por Alfredo D´Estragnolle Taunay, ex-presidente da Província do Paraná, o Passeio Público foi idealizado com a finalidade de conter as enchentes na região. Hoje, é um marco de diversidade natural no centro da cidade, com seus 69.285 m2 de área, e considerado um santuário ecológico.

Passeio Público - Curitiba Space

No século XIX, o Passeio Público passou a ser o jardim botânico da cidade e, alguns anos depois, o zoológico. Há ainda alguns animais em cativeiro, como: sabiá, tico-tico, chupim, sanhaço, garça branca; e alguns exemplares pouco comuns da flora, como o carvalho, jacarandá, canela, ipé-amarelo e outros. Há também uma grande variedade animal no aquário do parque, que conta com mais de 30 variedades de peixes de rios e ornamentais da região amazônica e da África, e o serpentário.

Na entrada do parque há uma réplica do portal do Cemitério de Cães de Asnières-sur-Seine, nas proximidades de Paris. Outra curiosidade é que o local possui a primeira experiência de luz elétrica de Curitiba. O fato aconteceu no dia 19 de Dezembro de 1887, data comemorativa dos 33 anos da emancipação da província. A lâmpada incandescente de luz elétrica foi apresentada pelo alemão Schewing, que instalou o aparelho em um dos pontos mais movimentados da cidade na época. A experiência teve participação do engenheiro Lazzarinni, um dos construtores da Catedral.

Passeio Público - Curitiba Space

Outro ponto interessante do Passeio Público são os seus três lagos. É possível passear em um deles de pedalinho e há algumas pontes e travessias para auxiliar no caminho ao restaurante ou a outros pontos do parque. Há também sanitários, pista de patinação, ponte pênsil, pista para caminhadas, ciclovia e bicicletário. O Portal do Passeio Público, assim como o parque em si, é tombado pela Coordenação do Patrimônio Cultural do Paraná. O tombo do parque aconteceu em 08 de novembro de 1.999.

Passeio Público - Curitiba Space

O Passeio Público fica na Rua Presidente Faria, no centro da cidade. Ele fica aberto de terça a domingo, das 6h às 20h. O aquário e serpentário nos mesmos dias, porém das 9h às 11h50 e das 13h10 às 16h45. O restaurante das 11h às 19h, o bicicletário e a lanchonete das 9h às 18h.

Referências:
HOERNER Jr, Valério. Ruas e Histórias de Curitiba, 2° edição. Curitiba: Artes & Textos, 2002. 183p
FENIANOS, Eduardo Emílio. Centro, Aqui Nasceu Kúr`ýt`ýba: Coleção Bairros de Curitiba, vol.4. Curitiba: Ed. UniverCidade, 1996. 100p.

Atrativos Turísticos

Especial: Bens Tombados

Outros posts